CRIPTOMOEDA DA CULTURA (E TURISMO)

criptomoeda da cultura

Criptomoeda da cultura já é realidade. A CULTURAL PLACES  é a primeira plataforma holística no setor cultural que conecta visitantes, instituições, artistas, criadores de conteúdo e doadores. E logo mais terá também o crowdfunding.

O setor cultural está caminhando para uma redefinição das relações entre todas as partes interessadas. Está se criando novas oportunidades de negócios. O núcleo é a sua própria criptomoeda da cultura, ou a moeda digital cultural – baseada na tecnologia blockchain. Isso reinventa e simplifica o financiamento cultural, patrocínio e a venda de bilhetes para espetáculos e espaços culturais.

Com a plataforma Cultural Places, as instituições podem oferecer uma experiência ao visitante inovadora, única e interativa. E a plataforma se transformará em uma rede social para todos em artes e cultura.  Toda transação dentro da plataforma será feita com a moeda cultural. Esta moeda criptografada permite um programa de fidelidade exclusivo que oferece muitos benefícios a todos os participantes. (mais…)

Continuar lendo

GESTÃO – PRINCIPAIS TÉCNICAS

tecnicas-de-gestãoMuitas são as técnicas de gestão de projetos. São matrizes, padrões, ferramentas e processos variados. Cada um dos caminhos pode ser escolhido de acordo com a expertise de quem vai gerenciar ou por tipo de projeto a ser executado. Mas aqui vou falar rapidamente das principais e mais conhecidas.

O PMBOK – Project Management Body of Knowledge, é um dos mais conhecidos no processo de gestão e começou sua ação nos EUA. É administrado pelo PMI – Project Management Institute. O não tão famoso mas também interessante PRINCE2™, Projects IN a Controlled Environment, foi criado na Inglaterra e tem abordagens muito pontuais para a gestão. Tem ainda o padrão criado pela ISO, o 10006-ISO, e alguns outros. (mais…)

Continuar lendo
Fechar Menu